Seguidores

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Otimismo

Imagem-Net
      No despenhadeiro de uma crise económica e de valores, afundamos facilmente em precipícios de pessimismo.
As dificuldades e incongruências a todos aos níveis limita-nos os passos acorrentando-nos a uma inércia onde tudo parece terrivelmente difícil e intransponível.
De qualquer forma a vida fervilha à nossa volta, para despertarmos com ela. Assim, saímos da nossa concha e o cinza de dentro transforma-se no azul de fora.
O pessimista, dizem que é a outra face do otimista.
A propósito deste assunto li que numa famosa Universidade, o Conferencista iniciou a sua palestra colocando um quadro negro diante do público que enchia por completo as dependências do salão nobre. No quadro negro afixou um papel em branco. Sobre o papel branco fez um ponto preto:
-O que é que vocês vêem aqui?-perguntou o professor.
-Um ponto escuro- repetiram todos.
-Eu vejo uma folha em branco- explicou o mestre.
 É assim  na rosa: onde uns vêem a formusura da flor, outros vêem  os espinhos.
Vale a pena ter olhos e coração para ver o lado luminoso e belo das coisas, das pessoas, da vida, do amor.
Cada problema tem sempre uma oportunidade encoberta...Mas é a arte de contornar, desmascarando o encoberto que distingue dois homens: O pessimista e o otimista.
Mesmo nas horas difíceis, não destruamos em nós nem nos outros as flores de esperança em bouquets de sorrisos!
 
 
Túlia Catalão
 

4 comentários:

Leninha disse...

Oi, Túlia!

...e é preciso sentir um pouco os espinhos para viver a beleza das rosas...e nunca deixar a tristeza se aninhar em nossos cabelos.

Bjssss,
Leninha

mfc disse...

Mas é tão difícil deixar de se ser pessimista!!

Beijos,

ELAINE disse...

Minha nova amiga! Parabéns pelo texto lindo e pela bela mensagem contida! Um início de semana iluminado!
Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Sensibilidade a navegar com poesias disse...

Parabéns pelo seu belo Blog...me visite...