Seguidores

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

FELIZ NATAL E ANO NOVO!







Natal.
Festa da família  festa da alegria!
Gostaria de ser otimista hoje aqui e agora mas não! Não posso.
Há o outro lado de mim que me chama para dizer em palavras simples o que a outra parte de mim sente.
Natal foi Festa da Família, sim. 
Hoje que festa da família quando tudo se desagrega, quando há tantos desencantos num amor que é só fachada, em filhos que andam de casa em casa - não de lar em lar - como bolas de ténis em campos frios e minados de ruídos silenciosos?
Claro que sei que nem tudo é assim. Que nem todos são assim. Que há exceções...
Este seria o  Natal  de família tradicional, dirão muitos, de ultrapassada. 
Sei.
Mas há mais Natais que ficam pelos caminhos de ninguém. 
Não, já não falo dos pobres - ah, deixem-me dizer pobres, porque é isso que são os que têm fome de amor, justiça , emprego e pão ! Mas agora não deve dizer-se assim. Agora são os carenciados. Carentes. 
E um carente o que é senão um pobre de tudo? Ah esta sociedade que gosta de máscaras para se dizer solidária. Sim porque agora também não se deve dizer Caridade. 
Isso é  da religião. Agora é solidária!
E aí estão as senhoras de avental ajudando,-  muito bem vestidas de resto - os "carenciados"!
Deixem soltar este  grito azedo que me corrói a alma quando vejo máscaras num lado, e festanças no outro.
É a crise, dirão. 
A crise foi provocada pela oferta de dinheiro - meu Deus o que não andará pelo meio! - as gentes gastaram porque os bancos assediavam com ofertas em que os papalvos caíam! Agora dizem " Gastamos demais e agora temos que pagar"! Quem gastou? Quem comeu? Quem corrompeu? Quem fugiu?
E paga o justo pelo pecador!
Pobres, sempre houve. E ricos também. Agora querem que haja uma igualdade  quando é só apregoada para parecer bem nos Direitos do Homem! Mas como? Onde está a doutrina "não lhe dês o peixe, ensina-o a pescar"?  O maior problema é que o drama maior está na falta de emprego. E aí sim. Nem cana para pescar peixe. Não há mais onde pescar. Aqui começa o drama. 
Cresci entre os humildes que é assim que gosto de chamar. Cresci brincando com eles, falando com eles,  ,comendo com eles, repartindo com eles. 
E é por isso que para mim a humildade é das virtudes mais raras e cara que há. Porque todos gostam de ser muito no sentido social, possuir muito. Assim é que têm estatuto. Assim são alguém na vida...
Mas quem é quem na vida?
Não somos nada. Não temos nada. Temos a vida e isso a devemos ao Criador. 
Mas até Este não sei como suporta tanto! Como são capazes de não ver  que para lá das cortinas, existe um Pai? 
Mas por aqui não vou. Respeito porque a fé é um dom. E" Graças a Deus muitas, mas com Deus nenhumas!" - diz o ditado...

Desculpem este texto de Natal. 
É suposto cantar o Natal e eu canto! Mas hoje apeteceu-me brindar
aos desamparados da fé, 
aos sem abrigo, 
aos desvalidos, 
aos doentes, 
aos velhinhos, 
aos que sofrem. 
Aos mutilados, 
aos inválidos.

Para eles também um bom Natal. Um alegre Natal se puderem! Mas a Paz faz poiso na casa deles!

Para vós meus amigos que me lestes, perdoai este desabafo. 
Não o leiam no Natal. 
Deixem para depois.

E para vós meus companheiros de jornada, que ainda são tão poucos, vos desejo
um FELIZ E ALEGRE NATAL na companhia de quem mais amais.
Vossa

Túlia




Recados de Natal Natal


 FELIZ NATAL E BOM ANO NOVO PARA TODOS!

11 comentários:

Leninha disse...

Minha querida Túlia,

Partilho contigo estas mesmas ideias e me sinto oprimida ao ver que todos só pensam em bens materiais e se esquecem do aniversariante do dia que, abandonado a algum cantinho, não recebe a mínima atenção...crianças há que nem sabem a origem do Natal, só sabem que é o dia do Papai Noel trazer presentes. Isto também me entristece , amiga.

Mas de qualquer forma quero desejar-lhe um Natal abençoado pela Paz e pelo Amor de Cristo Jesus.
Bjssssss,
Leninha

Túlia Catalão disse...

Leninha querida,
Gostoso demais vir aqui e ouvir estas lembranças de tempos que fazem os nossos encantos.
Hoje , muita coisa boa, mas diferente!
E obrigada sempre pela visita sempre esperada!
Feliz Natal
Com muitos bjis

✿ chica disse...

Lindo texto!

E, como seria bom se o Natal fosse bom também para os desamparados, desempregados, doentes e tantos mais.

Mas o Menino deve nascer no coração de todos e é isso que esperamos...

Que sua Luz ajude a espalhar mais amor, solidariedade, fraternidade... beijos,FELIZ NATAL e tudo de bom!chica

Luma Rosa disse...

Quem tem consciência, deve cumprir com o seu dever de filho de Deus e se solidarizar na fraternidade. Deus sabe qual o valor de cada um e enxerga aquele que se preocupa e faz para melhorar a situação dos menos abastados.
Também penso no Natal de forma crítica e vejo que as famílias ricas acreditam mais em papai Noel. A criança pobre se decepciona ano a ano e sua auto estima vai ao chão quando vê que o vizinho rico ganhou presente e ele não. Abomino a imagem desse "bom" velhinho, que nos dias atuais só faz incentivar ainda mais o consumismo.
Túlia, um santo e rico natal para você!! Cheio de alegrias e afeto junto as pessoas que você ama!!
Beijus,

Zilani Célia disse...

OI TÚLIA!
UM DESABAFO QUE NOS TIRA UM POUQUINHO DA ALEGRIA ESFUZIANTE QUE ESTAMOS VIVENDO NESTE MOMENTO, NÓS QUE TEMOS FAMÍLIA, UM LAR E UMA BELA CEIA DE NATAL.
MAS, AO MESMO TEMPO NOS SACODE PARA ESTA REALIDADE QUE AÍ, TÃO BEM COLOCAS NOS FAZENDO PENSAR A RESPEITO E EM UMA ATITUDE QUE TRAGA UM POUQUINHO DESTA ALEGRIA PARA ALGUNS AO MENOS,QUE POSSAMOS ATINGIR.
MUITA PAZ E ALEGRIA PARA O TEU NATAL E DE TUA FAMÍLIA.
ABRÇS
http zilanicelia.blogspot.com.br/ClickAQUI://

Zilani Célia disse...

OI TÚLIA!
UM DESABAFO QUE NOS TIRA UM POUQUINHO DA ALEGRIA ESFUZIANTE QUE ESTAMOS VIVENDO NESTE MOMENTO, NÓS QUE TEMOS FAMÍLIA, UM LAR E UMA BELA CEIA DE NATAL.
MAS, AO MESMO TEMPO NOS SACODE PARA ESTA REALIDADE QUE AÍ, TÃO BEM COLOCAS NOS FAZENDO PENSAR A RESPEITO E EM UMA ATITUDE QUE TRAGA UM POUQUINHO DESTA ALEGRIA PARA ALGUNS AO MENOS,QUE POSSAMOS ATINGIR.
MUITA PAZ E ALEGRIA PARA O TEU NATAL E DE TUA FAMÍLIA.
ABRÇS
http zilanicelia.blogspot.com.br/ClickAQUI://

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Como viste pelo Começar de Novo, com a mensagem que pibliquei, partilho das mesmas ideias. Se fores ver a reposta que dei ao teu comentário vês o que realmente penso desta quadra. Parabéns pelo texto. Adorei! Um beijinho muito especial e voltarei aqui com toda a certeza. Fica bem e, apesar de tanta nostalgia que esta quadra provoca, desejo-te umas Boas festas.

Emília
Emília

LUZ disse...

Oi Túlia!

Obrigada por sua visita e comentário.

Seu texto é bem profundo e reflexivo.
Queremos Natal, na sua essência e não na superficialidade.

TE DESEJO UM BOM NATAL E UM EXCELENTE ANO NOVO.

Beijos da Luz, com estima.

Anne Lieri disse...

Tulia,tem razão nessa sincera msg de Natal!Já são outros tempos,de fato e tb sinto o quanto que se perdeu da inocencia desses dias!Linda sua prece e rogo contigo!Bjs e um Natal de muito amor a vc e sua familia!

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Um belo texto de uma realidade muito verdadeira.
Agradeço o gentil comentário e deixo a minha mensagem de Natal.


Que todos os teus dias sejam Natal e do coração nunca se apague o sol
Que todos os momentos sejam plenos de felicidade...amor e esperança
Que todos os sonhos se transformem em realidade com a força do amor
Que o espírito do verdadeiro Natal renasça nas mãos de uma criança

Os meus votos de Feliz Natal junto de todos que te são queridos e
que a felicidade e o amor estejam sempre presentes na tua vida.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Maria Emilia Moreira disse...

Olá Túlia, boa noite!
Gostei de te ler e partilho das tuas ideias.
Não devemos fechar os olhos e fingir que tudo é lindo...cor-de-rosa...não é!
Precisamos ser verdadeiros, honestos,ver o que se passa à nossa volta.Bem fico-me por aqui.
BOM NATAL para ti e para os mais próximos, apesar de tudo...
Abraços.
Maria Emília